0

Mais charme para Lisboa

Jpeg

Exposição de Bruno Reis

12347577_10153364612674163_8249469100331201935_n

Ontem fui conhecer um espaço novo em Lisboa. O dia estava chuvoso, e convidava para chazinho e cama, mas prestigiar os amigos, não tem preço, deixei a preguiça de lado, vesti as galochas e fui.

A exposição chama-se “Uma pausa na  cidade”. Está muito gira, vale a pena conferir, e se quiser, tem a possibilidade de comprar as fotografias.

O espaço “Embaixada ” concept store, aonde está a exposição é lindo de morrer.

Fica no Principe Real,26 – Lisboa.

Moda, design, jóias, lifestyle, arte e restauração são as ofertas no edifício construído em 1857 pela família Ribeiro da Cunha, concretamente pelo patriarca, um homem que fez fortuna no Brasil. – Agora, restaurado por um Austríaco, nascido no Brasil e radicado em Washington, que através de sua empresa, tem investido muito em Lisboa, para restaurar espaços e dar mais charme à cidade, se é que isso é possível.

Até quarta feira dia 16, não percam a exposição. Continuar lendo

Anúncios
8

Lisboa

img_8155

Lisboa cidade pelo Tejo banhada, num sitio à beira mar plantado, moldada pelas gentes com cheiro de maresia e esperança. Lisboa são as sete colinas, ínfimos miradouros e o Castelo a guardar a lembrança do alto. Lisboa é bom vinho e boa comida a cada esquina. Lisboa é grito de ardina a vender sorte grande lotaria. Lisboa é capital de cidade, rica de história e cultura mas que ainda estende a roupa à janela. Lisboa são santos populares, manjericos e cheiro de sardinha assada. Lisboa são as calçadas, teatros e chafarizes. Lisboa são folhas caídas e fumo de castanhas. Lisboa é bater de asa de pombo, o eléctrico e os mercados. Lisboa é a varina, é história, é o povo é o fado. Lisboa é barulho de bica aos sabor do nascer do dia. Lisboa é onde nasci e onde para sempre vai morar o meu coração…

Fotografia e texto:  Guilherme de Castro

Estou feliz e lisongeada, por poder inaugurar o blog com este texto sobre Lisboa. É emocionante ouvir o Castro a falar da cidade, do país aonde nasceu. E como este blog está recheado de emoções, nada mais apropriado do que partilhar com vocês este texto.

Obrigada meu amor!